CAPITÃ MARVEL – PRESIDENTE DA MARVEL FALA SOBRE A PRESENÇA DOS SKRULLS NO FILME!

Capa da Publicação
James Gunn também falou sobre os alienígenas no UCM
Durante o painel da Marvel Studios na San Diego Comic-Con, alguns detalhes sobre Capitã Marvel foram revelados, como o fato de que os Skrull serão os vilões do filme. A notícia deixou os fãs animados, especialmente já que muitas pessoas não sabiam que os direitos de uma das raças alienígenas mais famosas dos quadrinhos pertencia ao estúdio.
Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios, falou com o IGN sobre as novidades do filme, incluindo a arte conceitual que foi divulgada mostrando os Skrulls. Feige comentou sobre como dizer o nome da raça alienígena foi capaz de levar todo mundo a loucura. Ele também comentou sobre como ter os Skrulls no UCM permite que diversas sagas dos quadrinhos sejam adaptadas para o cinema, incluindo os arcos mais famosos:
Existe uma seção inteira de quadrinhos que lidam com a guerra entre os Kree e os Skrull que nós nem ao menos tocamos ainda,” comentou Feige. “Nós pensamos que seria uma porção grandiosa incrível de mitologia para pertencer para a Capitã Marvel.”
Além dos alienígenas, também foi confirmado que o filme da Capitã Marvel se passará durante o início dos anos 1990, contando com a presença de Samuel L. Jackson como Nick Fury – que tinha os dois olhos na época.
Feige também falou sobre isso, explicando que além de ser divertido para o estúdio explorar os anos 90, revelar porque esse período da história foi escolhido seria spoiler:
A resposta para isso tem spoilers, mas pode ser facilmente respondida com o fato de que nós pensamos que seria um período temporal divertido para se fazer um filme. […] Eu me formei no Ensino Médio em 1991 e agora vou fazer um filme que se passa nessa época – isso faz com que eu me sinta muito velho.”
O presidente da Marvel Studios também foi evasivo ao responder porque Fury estará presente no filme:
Existem várias respostas específicas para essa pergunta, mas mais uma vez a resposta mais fácil é que nós achamos que seria divertido,” disse Feige. “Nós amamos Sam, amamos seu personagem. Seria divertido ver como ele era no seu início [de carreira].”
Com Fury sabendo da existência da Capitã todos esses anos, será interessante descobrir porque ele não pediu a ajuda dela todos esses anos, durante as ameaças que os heróis da Terra estavam enfrentando. Isso certamente levantará algumas histórias interessantes que veremos sendo trabalhadas no Universo Cinematográfico da Marvel.
Falando no UCM e nos Skrulls, nem todo mundo entendeu muito bem como funciona a divisão de direitos dos personagens, uma vez que muitas pessoas ainda acreditavam que os alienígenas faziam parte da FOX poderia utilizar.
Para esclarecer tudo isso, James Gunn, o diretor de Guardiões da Galáxia, foi até o seu Twitter comentar sobre os anúncios feitos na Comic-Con. Quando perguntado se os Skrulls faziam parte do UCM ele foi direto: “Claro que eles fazem.”
Para explicar melhor a situação, o diretor relembrou de outro tweet que havia feito:
Retuitando isso de um ano atrás já que eu continuo recebendo perguntas sobre isso: Alguns Skrulls específicos são da Fox, mas os Skrulls como um todo são compartilhados.”
Assim, a situação dos Skrulls é a mesma dos Vigilantes, como o próprio Gunn lembrou. Alguns Vigilantes específicos fazem parte da FOX, mas como um todo eles possuem a guarda compartilhada – o que permitiu que eles estivessem em Guardiões da Galáxia Vol. 2.

Veja também as artes do filme divulgadas na Comic-Con de San Diego:

Capitã Marvel estreia nos cinemas dia 28 de fevereiro de 2019