Trama revela base na qual heróis e vilões da Marvel são baseados


O multiverso da Marvel nunca esteve tão em alta quanto nos últimos tempos.
Mas, antes mesmo do lançamento de 
Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, a temática já era ricamente abordada nos quadrinhos e, recentemente, os Defensores reunidos por Doutor Estranho acabaram tendo contato com versões alternativas de heróis conhecidos enquanto presenciavam uma batalha no Quarto Cosmos (via CBR).


Durante o ato principal da quarta edição da HQ Defenders, produzida por Al Ewing, Javier Rodriguez, Jay Bowen, Cory Petit e Joe Caramagna, o grupo titular de heróis segue com sua jornada contra o vilão Carlo Zota. É assim que eles chegam ao Quarto Cosmos, onde se deparam com uma criatura estranha de quatro cabeças que muito se assemelha ao Hulk e, tempos depois, percebem que há uma luta acontecendo em um cânion próximo.



Em meio à luta, eles percebem que não é só o Hulk que parece ter uma versão bizarra no local. Entre os lutadores, há figuras que, mesmo que não possam ser reconhecidas de imediato como cópias fidedignas dos donos originais, lembram em demasia heróis conhecidos, como 
Capitão América, Gavião Arqueiro e Homem-Aranha.


Esses curiosos personagens não estão ali por acidente. O motivo para essas versões peculiares de personagens da Marvel aparecerem é que o Quarto Cosmos é o local onde os arquétipos dos heróis e vilões de todo o multiverso da Marvel surgiram inicialmente. Assim como a ciência surge do Sexto Cosmos e a magia vem do Quinto Cosmos, é explicado que este é o lar dos moldes de cada personagem importante que habita o multiverso.

Com isso, a HQ estabelece uma relação entre todas as versões de heróis e vilões espalhadas pelo multiverso, já que elas têm origem nas bases apresentadas no Quarto Cosmos. Ainda que cada uma tenha suas peculiaridades, todos carregam elementos destes arquétipos primordiais, fundamentando a base para serem quem são.

Fonte: Legião dos Heróis

Comentarios

Postagem Anterior Próxima Postagem